Gestão de Projetos, vale a pena?

Escrito por
images

Muitas empresas conduzem seus projetos de forma descontrolada. Seus métodos de controle estão somente na cabeça de seus gestores que imaginam estar no controle de tudo e sabem o porquê de atrasos nas entregas e aceitam tais atrasos – isso virou algo normal dentro da empresa, ou seja, conduzem seus projetos sem nenhum planejamento, não olham para dentro de seus processos e não avaliam que estão com falhas de controle graves.

É muito mais fácil iniciar o quanto antes a execução de um projeto do que ter que parar, pensar, planejar as etapas, analisar pontos críticos, importância e investir tempo pesquisando possibilidades, fazendo estimativas e planejando soluções para diferentes cenários que possam acarretar paralisação do projeto. Quando uma empresa adota esta visão, sem analisar corretamente, torna-se uma empresa que só apaga incêndios e fica com visão de mal organizada.

Para se ter um grande sucesso junto a clientes (internos e externos), toda a equipe tem que ter em mente um grande segredo para ser bem sucedida e respeitada que é um bom gerenciamento de projeto.

Geralmente, é comum encontrar nas empresas profissionais que assumem uma postura de tomar decisões rapidamente, tendo por base suas experiências e intuições, sem desenvolver um planejamento adequado, contribuindo para o estabelecimento de um perfil de tocador de obras, apagador de incêndio e centralizador de tomadas de decisões sobre sua ótica de certo ou errado.

O Gerente de Projetos deve possuir habilidades capazes de suprir todas as necessidades envolvidas num projeto que envolva todas as 07 áreas de conhecimento do gerenciamento de projetos: Planejamento do gerenciamento de integração, Planejamento de gerenciamento do escopo, Planejamento do gerenciamento do tempo, Planejamento do gerenciamento de custos, Planejamento do gerenciamento da qualidade, Planejamento do gerenciamento dos recursos humanos, Planejamento do gerenciamento das comunicações.

Infelizmente muitas empresas não possuem controle dos projetos que iniciam encontram-se em de prejuízos sem perceber. Não avaliam o custo de oportunidade, o dinheiro que deixou de ser ganho, com o tempo perdido em retrabalhos e atrasos. Veem apenas custos fixos e variáveis.

Gerenciar projetos é planejar e acompanhar a execução com “um olho no peixe e outro gato”. O gerente do projeto deve ser alerta e flexível com tudo o que ocorre dentro do projeto e estar sempre se reportando a linha de base definida, ao planejamento inicial elaborado e aprovado. A principal qualidade do gerente de projeto é saber se comunicar bem com todos. Ele é o ponto focal das informações, nele convergem as informações que ele depois deverá processar e divulgar para todo o restante da equipe.

 

“Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, e não há sucesso no que não se gerencia”

Edward Deming

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *