Poder da Negociação – “Ponte de Espiões”

Escrito por
negotiation_win

Voltando finalmente a escrever, depois de um longo tempo pensando e repensando, resolvi recomeçar com um assunto que deve envolver muitos líderes e gerentes de projetos – “Poder da Negociação”.

A negociação faz-se presente dia-a-dia em nossas vidas, desde uma negociação com nossa família até aos nossos clientes. O processo de negociação exige algumas habilidades como planejamento, disciplina, assunto a ser tratado, treinamento, ética, criatividade, flexibilidade e claro, poder de convencimento.

O poder e o conflito nas empresas podem aumentar a produtividade e a eficiência ou reduzi-las substancialmente. Os processos políticos podem até determinar a existência e a direção estratégica de organizações inteiras.

As pessoas que controlam os resultados indesejáveis conseguem que as outras se conformem com os seus desejos mediante a ameaça de alguma forma de punição através de designação para tarefas indesejáveis, descontos no pagamento ou, no extremo, suspensões, transferências e demissões.

Todos que negociam devem ter em mente o “ganha ganha”, a bela negociação é onde todos saem ganhando e satisfeitos.

Não prologando, pois este assunto é demasiadamente debatido em várias conferências, congressos e salas de estar, hoje indico um bom filme que nos leva a pensar no “ganha ganha” – “Ponte de Espiões”.

Retirando do AdoroCinema a Sinopse:

Sinopse e detalhes

369403.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

 

Em plena Guerra Fria, o advogado especializado em seguros James Donovan (Tom Hanks) aceita uma tarefa muito diferente do seu trabalho habitual: defender Rudolf Abel (Mark Rylance), um espião soviético capturado pelos americanos. Mesmo sem ter experiência nesta área legal, Donovan torna-se uma peça central das negociações entre os Estados Unidos e a União Soviética ao ser enviado a Berlim para negociar a troca de Abel por um prisioneiro americano, capturado pelos inimigos.

 

 

 

 

Vale a pena ver o filme, vale a pena negociar.

Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *